Caso João Bombeirinho

Publicado em Categoria: notícias

A história do menino João Daniel, conhecido como João “Bombeirinho”, que emocionou a todos em sua luta contra a leucemia, finalmente teve seu final feliz após a realização do transplante de medula óssea. O procedimento, efetuado por profissionais do Serviço de Transplante de Medula Óssea do Hospital de Clínicas, em Curitiba, que conta com o apoio do INSTITUTO TMO, significa a chance de cura na maioria dos casos da doença.

Doa ano 2000 para cá, o número de pessoas inscritas no Registro Nacional de Doadores de Medula óssea passou de 12 mil para aproximadamente três milhões. Com esse aumento o Brasil ocupa hoje o terceiro lugar no rancking do registro de doadores no mundo, ficando atrás apenas da Alemanha e EUA. Mas mesmo assim, o tempo médio de espera pela cirurgia fica em torno de 6 meses. Por isso o trabalho do INSTITUTO TMO é tão importante não só no apoio de infraestrutura e pesquisa, mas também incentivando a doação de medula óssea e mostrando que um simples gesto pode salvar vidas. Para saber mais e contribuir com o trabalho do Instituto ligue (41)3016-9663 ou acesse www.institutotmo.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *