Doação de plaquetas

DOAÇÃO DE PLAQUETAS

De 2ª a 6ª feira – Horário das 8:00h às 16:00h

Telefone: (41) 3360-1875 / 3360-1818 – Curitiba – PR

Local: Rua Agostinho de Leão Jr., 108 (esq. Rua Gal. Carneiro)

Doador deve ter boas veias em ambos os braços, o procedimento leva 02 horas.
O intervalo das doações pode ser de até 2x por semana, sendo no máximo 24 doações por ano. Corresponde de 10 a 20 doações de sangue o doador recupera em 2 a 3 dias.

O sangue é responsável pelo transporte de substâncias vitais para todos os órgãos do corpo.
O mais importante é o oxigênio, carregado pela hemoglobina.
O sangue é composto de plasma, glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas.

A função das plaquetas

As plaquetas são componentes do sangue fabricados pela medula óssea responsáveis pela coagulação, ou seja, têm como principal função coibir os sangramentos. O paciente que não produz plaquetas devido a uma doença da medula óssea, ou ao uso de medicações que inibam sua produção, ou desenvolvam alguma doença em que o funcionamento das plaquetas é precário, corre risco de hemorragia, que pode levar à morte se não for feita uma transfusão plaquetária.

A plaquetopenia é o resultado de uma produção ineficaz de plaquetas, que pode ser consequência do tratamento quimioterápico ou do transplante de medula óssea. Por não possuírem plaquetas, esses pacientes podem apresentar sérios sangramentos e, por isso, precisam receber transfusões frequentes de plaquetas até que o organismo se recupere do tratamento e passe a produzir suas próprias células coagulantes.

Há duas formas de coleta de plaquetas: a coleta habitual e a coleta por aférese.

Na coleta habitual, é retirada uma quantidade padrão de sangue: cerca de 450 ml. Após a coleta, a bolsa de sangue é encaminhada para o fracionamento, onde é separada em 4 componentes: concentrado de hemácias, plasma, plaquetas e crioprecipitado (fatores de coagulação). As plaquetas são armazenadas a uma temperatura de 20 a 24 °C, sob agitação constante por 3 a 5 dias.

A aférese (palavra grega que significa separação) é o processo que permite separar plaquetas do sangue. Através dele o sangue retirado da veia de um braço passa por um equipamento especial que retém cuidadosamente parte das plaquetas para ser devolvido, em seguida, à veia do mesmo braço. O doador senta em uma cadeira ao lado de um aparelho de separação de sangue. Após a introdução da agulha, seu sangue começa a passar, por meio de um tubo plástico, para a máquina, que separa seus componentes por centrifugação e coleta só as plaquetas. Durante a aférese, passam por esse circuito de 4.000 a 5.000ml de sangue, ou seja, mais da metade do total de sangue do corpo.

Cerca de 30 mil plaquetas são coletadas nesse processo. Ao mesmo tempo, o sangue que sobra, glóbulos vermelhos e plasma, retorna ao corpo do doador. O processo leva, em média, de 1 a 2 horas. O concentrado de plaquetas coletado pode ser mantido em estoque, no máximo, por cinco dias. Embora a medula óssea do doador faça a reposição das plaquetas em 72 horas, o agendamento para a doação de plaquetas de uma mesma pessoa acontece com um intervalo de duas semanas. A doação de plaquetas por aférese é segura, não oferece risco ao doador, pois todo o material é estéril, individualizado e descartável. Os efeitos adversos são raros e, quando ocorrem, são reportados como sensação de “friagem”, tremor, hipotensão ou ansiedade.

A vantagem da aférese é que o volume coletado por esse processo é maior, beneficiando um maior número de receptores e tornando a procura por doadores menos exaustiva aos bancos de sangue.

 

Requisitos para a doação de plaquetas:

Estar bem alimentado e com boa saúde
Trazer documento de identificação que possua foto
Uso de medicação (antibióticos, corticóides, antipsicóticos)
Idade: de 18 a 60 anos (para medula até 55 anos )
Acima de 50 kg
Cirurgias: após 06 meses / Extração dentária: após 03 dias
Tatuagem: 12 meses

Podem doar: homens a cada 60 dias e mulheres a cada 90 dias

Local: Rua Agostinho de Leão Júnior, nº 108 (esq. Rua Gal. Carneiro) – Curitiba – PR
De 2ª a 6ª feira – Horário das 7:00h às 18:00h (sábado: 09:30 / 14:30h)

Telefone: (41) 3360-1875

 

Atenção, serão realizados os seguintes exames de triagem no sangue doado:

AIDS
Sífilis
Hepatite
Doença de Chagas
HTLV I/II
Formas raras de Hemoglobina (anemias)
Grupos Sanguíneos e Fator Rh