Projeto Picolé beneficia pacientes submetidos a transplante

Publicado em Categoria: notícias

 

O INSTITUTO TMO/CASA MALICE está apoiando o Projeto Picolé da UTOH – Unidade Transplante, Oncologia e Hematologia do HC/UFPR. O Projeto envolve a preparação de picolés no 15º Andar do hospital, padronizando o servimento deste alimento (e também do gelo de camomila) para alimentação de pacientes submetidos aos Transplante de células tronco hematopoiéticas (TCTH).

Estudos indicam que o consumo de picolés pode reduzir a mucosite oral secundária a quimioterapia (condição debilitante na maioria dos pacientes transplantados). A camomila por sua vez, é uma planta com propriedades anti-inflamatórias, muito utilizada no tratamento de inflamações de pele e mucosa.

Sorvete e picolé são alimentos bem aceitos durante o período de náuseas e mucosite, em que o consumo alimentar é reduzido devido à dificuldade na ingestão alimentar, principalmente de alimentos quentes e salgados. Os picolés podem ser feitos com a mistura de vários ingredientes, podendo ser rico em nutrientes, sendo de fácil preparo e bem aceito por adultos e crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *